Por que incluir um roteirizador com pedágio na logística?


logística, hoje, é uma das áreas mais fundamentais para garantir uma boa experiência de usuário. É ela que proporciona um transporte ágil e eficiente e, assim, permite que os produtos cheguem mais rapidamente ao cliente — tornando a jornada do consumidor mais agradável.

É essencial, portanto, que essa área seja eficiente e bem planejada. E isso passa, inevitavelmente, pela melhor distribuição de recursos e pela racionalização de gastos. Um dos dispositivos que podem ajudar nessa tarefa é o roteirizador com pedágio: com ele, é possível escolher a melhor rota e economizar.

Pode-se programar, diretamente nele, os percursos e as rotas a serem seguidos pelos veículos da empresa. Desse modo, o custo de cada viagem é otimizado, a partir de distâncias a serem percorridas, trânsito enfrentado e necessidade de cumprimento de prazos.

Para aprimorar as atividades da sua empresa, conheça as vantagens de se ter um roteirizador com pedágio como suporte à equipe de logística!

Redução de custos

O uso do GPS comum não é mais uma opção para empresas que buscam melhor controle sobre o processo logístico. Mesmo que a rota seja traçada antes da saída, o sistema não calcula os gastos incidentais de cada percurso — ou seja, não é possível saber qual caminho é mais vantajoso.

Uma das ferramentas mais completas para fazer esse trabalho é o planejador MinhasRotas. O sistema prevê uma redução de até 40% nos gastos na operação de transporte e pode ser usado por negócios de todos os portes. Entre as funções disponíveis estão:

  • análise da melhor rota, por distância ou tempo;

  • cálculo dos custos, como combustível e pedágio, no percurso escolhido;

  • multiveículos: o sistema otimiza a distribuição de rotas e pontos de parada para até 15 veículos, conforme a frota disponível e o volume de cargas;

  • permite até 150 pontos de parada em uma rota;

  • organiza informações de distância e horários dos pontos de parada.

Eficiência operacional

Como as informações têm como base os pontos de partida e chegada, os trajetos traçados são mais eficientes. Quem define os parâmetros da rota que está buscando é o próprio usuário. Além de escolher a opção mais rápida ou a mais econômica, é possível, ainda, indicar se quer fazer paradas para alimentação, carga e/ou descarga.

Assim, o motorista já sabe, ao sair, quanto vai gastar, qual vai ser seu consumo de combustível, quantos quilômetros vai percorrer no total e quantas horas deve gastar. Tudo isso em formato de relatório gerencial detalhado.

Além disso, com o uso do roteirizador, as entregas são organizadas por área e, desse modo, o processo é otimizado. Ou seja, um produto que demoraria 4 dias para ser entregue, pode levar metade do tempo para chegar às mãos do destinatário. E, como as entregas são divididas por área, os custos acabam sendo reduzidos.

Com o uso de um sistema online para fazer esse trabalho, todos os cálculos são feitos automaticamente pela própria ferramenta. Há, portanto, menor chance de erro (como esquecer de um pedágio, por exemplo), e os investimentos necessários para o cumprimento de prazos ficam mais claros.

A otimização do trajeto ajuda, também, a preservar o veículo: afinal, quanto mais ele roda, mais manutenção é necessária. Se puder evitar estradas ruins e, ao mesmo tempo, usar percursos mais curtos, o desgaste e a necessidade de manutenção serão menores.

E aí, gostou de conhecer melhor as possibilidades do roteirizador com pedágio? Então, venha descobrir como o MinhasRotas pode ajudá-lo!

andrezza.vieira
About me

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.