O que é Geomarketing?


Não é difícil entender o que é geomarketing. Basicamente, estamos nos referindo à possibilidade de tornar as estratégias de marketing mais eficientes, a partir do uso de dados relacionados à localização dos clientes.

No dia a dia, trata-se então de ter mais efetividade nas ações, otimizando os recursos empregados na atração e na manutenção da base de clientes, independentemente do porte ou da área de atuação da empresa.

Quer saber mais sobre o assunto? Então, veja as vantagens que a sua indústria pode obter com o geomarketing e saiba como aproveitar todo o seu potencial.

Por que utilizar geomarketing?

Graças aos avanços tecnológicos na área digital, hoje há diversas ferramentas disponíveis para quem pretende aprimorar as estratégias nessa área. Assim, para explorar melhor as oportunidades, o primeiro passo é ter em mente que o principal é a inteligência por trás do processo.

Ou seja, não estamos falando apenas de acessar dados relacionados à localização geográfica dos clientes. O mais importante é usar os dados para fazer uma segmentação mais refinada dos públicos de interesse da empresa e, a partir daí, planejar de forma adequada a comunicação que será estabelecida com as pessoas que foram localizadas.

Como o geomarketing pode ajudar na prática?

Depois de entender o que está por trás do conceito, podemos avaliar melhor o uso do geomarketing no dia a dia. Há ganhos significativos na área de logística, por exemplo, mas vamos focar na questão da interação empresa-cliente.

Nesse caso, a principal vantagem é em termos de relevância. Hoje não é fácil conquistar a atenção do cliente, daí a importância de a empresa conseguir direcionar as mensagens com mais precisão, conhecendo melhor as suas demandas e interesses.

Pense nisso: você não terá acesso apenas à localização atual do cliente, como saberá por onde aquela pessoa passou e quanto tempo permaneceu em cada lugar.

Para os clientes que estão na internet, as possibilidades de uso do geomarketing também são bem abrangentes, principalmente para as ações de ativação. Funciona bem, por exemplo, o envio de ofertas específicas para quem está em determinada região.

Como escolher a melhor estratégia?

Para não errar no emprego do geomarketing, é importante definir com antecedência como as informações serão utilizadas. Sem isso, a empresa corre o risco de deixar de aproveitar o potencial dos dados aos quais teve acesso.

Na hora de decidir, pense no que pode ser feito para aprimorar a experiência do cliente com a marca. Esta é a vantagem da segmentação. Ela permite entender melhor o comportamento do público que nos interessa e, a partir daí, fazer abordagens personalizadas, focadas no interesse daquele nicho de mercado.

Fique atento: ao adotar, por exemplo, uma ferramenta de geolocalização, a empresa consegue aprimorar o atendimento prestado ao cliente, o que vai impactar positivamente na percepção que aquela pessoa tem da sua marca.

Como você percebeu, não é difícil entender o que é geomarketing, porém é importante ter em mente que o seu uso pode ser mais ou menos sofisticado, dependendo dos objetivos da empresa. O mais importante, então, é analisar o que deve ser priorizado.

Gostou do artigo? Quer saber mais sobre o assunto? Leia também nosso artigo sobre como os grandes players têm usado a geolocalização para transformar a experiência do consumidor!

andrezza.vieira
About me

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.