4 maneiras de otimizar a gestão de entregas da sua empresa


Uma empresa que deseja se manter e crescer no mercado deve buscar constantemente formas de melhorar sua gestão. Especialmente em um cenário bastante acirrado, com altas cobranças e desafios de infraestrutura, como é a logística no nosso país.

Cada organização segue diferentes rumos de acordo com as características do serviço prestado. Empresas que trabalham com a entrega de produtos, por exemplo, precisam se atentar a esse processo, por ser um dos principais pontos de interação com o cliente.

Portanto, investir na otimização da gestão de entregas é indispensável para garantir resultados cada vez melhores. No artigo de hoje, listaremos 4 dicas para ser bem-sucedido nessa missão. Confira!

1. Realizar o gerenciamento dos gastos de manutenção

Tão importante quanto utilizar bons veículos, é mantê-los com bom desempenho. Carros em boas condições são mais produtivos, cumprem prazos e reduzem custos. Por isso, a manutenção da frota é essencial.

Para planejar e gerenciar os gastos de manutenção, uma dica é manter um histórico detalhado de cada carro, com informações relevantes como a quantidade de quilômetros rodados e o número de consertos realizados.

2. Fazer um bom planejamento de rotas

O trajeto a ser percorrido precisa ser planejado da forma mais inteligente possível. Isso quer dizer que a rota deve ser enxuta, englobando todos os pontos de coleta e/ou de entrega de forma a evitar retrabalhos e gastos desnecessários de combustível.

É recomendado que exista um profissional especializado nessa função de planejar rotas. Utilizar a base de dados pode facilitar essa tarefa.

3. Rastrear a localização dos veículos

As maiores preocupações da gestão de entregas é evitar problemas como o atraso e o desvio de mercadorias. Independentemente do motivo, isso compromete a qualidade do serviço e a satisfação do cliente. Os serviços de geolocalização possibilitam o acompanhamento, em tempo real, da situação de cada entrega.

Sendo assim, rastrear a localização do veículo é uma ótima opção para acompanhar todo o processo de entrega e verificar a ocorrência de algum imprevisto. Além disso, essa tecnologia também permite conferir a disponibilidade da frota e se as rotas foram bem planejadas.

4. Aproveitar toda a capacidade dos veículos

Cada veículo possui uma determinada capacidade de carga. Aproveitá-la da melhor forma é essencial para que o processo de entrega seja mais produtivo e lucrativo. Portanto, essa é uma das operações de gestão de frotas que exige bastante otimização.

Para isso, existe o cálculo de cubagem, que considera tanto o peso quanto o espaço, com o objetivo de evitar o sobrepeso e o desperdício da capacidade dos veículos. Também existem soluções tecnológicas que permitem a alocação dos carros mais adequados para cada entrega, podendo contar até mesmo com recursos em 3D.

Garantir o alto desempenho do setor logístico é um desafio, devido aos inúmeros fatores externos. Porém, existem maneiras de atenuar os problemas e otimizar os processos.

Empresas que trabalham com operações de entrega devem focar em melhorias na gestão, em nome de diversos benefícios como a manutenção da imagem perante a clientela e a redução de gastos desnecessários.

Nosso artigo te trouxe informações úteis? Compartilhe em suas redes sociais para que seus colegas também possam aproveitar nossas dicas!

andrezza.vieira
About me

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.