6 problemas e desafios da área de logística


Nas últimas décadas o mercado global passou por uma verdadeira revolução e tornou-se altamente competitivo. Fatores como preço e qualidade não são sempre determinantes, pois empresas já se equipararam entre os players do mercado concorrente. Organizações passaram então a buscar o diferencial através do nível de serviço associado a seu negócio, ou seja, entregar a mercadoria certa dentro do prazo exigido a um custo reduzido. Diante deste cenário, torna-se premente que empresas invistam fortemente no processo logístico para conseguirem se destacar no mercado.

A área da logística dentro das empresas é uma das mais complexas e que envolve toda a cadeia de suprimentos, incluindo o processo de armazenamento, circulação e distribuição de mercadorias. Quando o gestor está atento a toda a cadeia de suprimentos e sua gestão é possível reduzir os custos e o tempo dos ciclos de negócios e, assim, aumentar os ganhos.

Listamos abaixo os seis problemas e desafios que empresas enfrentam na área de logística. Acompanhe!

Problemas na logística

1) Excesso de carga transportada

Infraestrutura não é o único problema enfrentado pelo setor de logística no Brasil. Frequentemente se vê nas rodovias do país a circulação de caminhões com excesso de carga, executados principalmente por motoristas autônomos que aceitam carregar um peso muito maior do que o permitido pelo Código de Trânsito Brasileiro. Carga em excesso pode ocasionar acidentes de trânsito, problemas nos veículos, além de gerar um maior consumo de combustível e prejuízos à conservação das vias trafegáveis.

2) Depreciação da frota

Outro grande problema encontrado nas rodovias brasileiras é a idade dos caminhões: alguns estão transportando há mais de 20 anos. Segundo especialistas, uma frota nesta situação é antieconômica, uma vez que exige uma maior preocupação com reparos e manutenção, custos com peças e o risco de acidentes.

3) Excesso de jornada de trabalho dos caminhoneiros

Pressionados por transportadoras e fornecedores, caminhoneiros realizam uma verdadeira maratona nas rodovias brasileiras. Alguns chegam a rodar mais de 18 horas seguidas — um grave problema que coloca em risco a vida de quem está conduzindo o veículo. Há ainda a possibilidade de perda da carga no caso de acidente e do veículo, que poderá ser totalmente inutilizado. O descanso é obrigatório e garante que todo o processo logístico seja efetuado com segurança e dentro do prazo.

Desafios

1) Capacitação

Empresas precisam entender que para atingir um nível superior de qualidade é necessário que haja capacitação e treinamento pessoal dos colaborados e da equipe envolvida. No Brasil são poucos os profissionais capacitados em logística, mas é preciso que o funcionário responsável por esta área tenha conhecimento suficiente sobre transporte, economia, armazenamento e distribuição. É recomendável que pelo menos uma pessoa apresente estas características ou que o próprio dono do negócio desempenhe essa função.

2) Investimento em tecnologia da informação

É impossível querer atender com agilidade e qualidade os clientes sem investir em tecnologia. O uso de um software de gerenciamento de vendas, entregas e estoque não é apenas uma obrigação que deve vir de transportadoras — todas as empresas precisam estar preparadas para informar e prestar esclarecimentos para os clientes, caso seja necessário. Controlar tudo na “ponta do lápis” já não suporta as operações executadas pelas empresas. E lembre-se: no final das contas, para o cliente final, a figura da transportadora é inexistente e sua empresa é quem estará recebendo as avaliações de um serviço bom ou ruim. A experiência da entrega acaba sendo creditada à sua empresa.

3) Controle de estoque

Mercadoria em estoque é dinheiro parado. Contudo, é preciso ter planejado que eventuais demandas podem surgir e que alguns itens serão necessários para atender o pedido. Por isso, é importante que a empresa encontre um equilíbrio entre ter muito material em estoque e estar zerada. Tenha sempre o menor estoque possível. Por isso é importante ter um bom software de gestão para que o colaborador responsável possa realizar a compra de mercadorias o mais próximo possível da venda.

Para saber mais sobre o assunto, leia sobre os erros de logística mais comuns em uma empresa e participe da discussão nos comentários abaixo!

Bruna Costa
About me

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.