4 erros de logística que você provavelmente comete na sua empresa


A logística é uma área vital para o bom funcionamento de uma empresa. Ela é capaz de fornecer grandes frentes de trabalho que podem melhorar os resultados e reduzir custos, mas, quando mal gerida, também pode trazer muitos prejuízos e perdas para o negócio.

Apresentamos nesse post 4 erros de logística que talvez você cometa em sua empresa e que devem ser evitados. Confira!

Excesso de indicadores

Na ânsia de controlar vários aspectos da operação e ter mais conhecimento, alguns gestores solicitam a criação de muitos indicadores. É sabido que só se pode controlar aquilo que se mede, mas o excesso de controles pode acabar prejudicando e fornecendo informações que não levam a lugar algum. Esse erro de logística é mais comum do que se imagina.

Para controle efetivo de uma operação e para ter auxílio no processo de tomada de decisões, o ideal é que o gestor mantenha apenas aqueles indicadores que condizem com a estratégia do setor como, por exemplo, nível de serviço de entregas, custos com a frota, frete, transit time, entre outros. Outros indicadores que não apresentam tanta relevância podem ser mantidos apenas para informação operacional.

Deixar de controlar todos os custos

Os custos logísticos merecem total atenção de um gestor em sua empresa. A conta de frete é uma das mais onerosas em uma empresa, portanto, deixar de prestar atenção no que está sendo gasto provavelmente acarretará em custos mais elevados e possíveis prejuízos.

Um grande erro de logística que pode ser cometido é pensar apenas nos custos relacionados a frete e acabar negligenciando os custos com manutenção de frota, mão de obra, reentregas e logística reversa, por exemplo. Todos os custos, inclusive aqueles que incluem pedágio e refeição dos motoristas, devem ser contabilizados. Só assim o gestor será capaz de conhecer os reais custos com a logística e terá conhecimento suficiente para analisar a operação e apontar onde é possível obter reduções.

Falta de comunicação

Apesar de a logística tratar de atividades mais operacionais, um grande erro é não manter a comunicação constante com os outros setores, principalmente o comercial. Muitas vezes, as empresas têm problemas com entregas pelo simples fato de o gerente de vendas planejar suas vendas sem consultar o gerente da logística e checar se há a disponibilidade de veículos para atender todas as entregas, ou ao menos enviar um aviso prévio sobre a demanda.

Isso serve também para empresas que utilizam transporte terceirizado. Deixar de manter a comunicação com outros setores da empresa e seus parceiros pode trazer sérios problemas no atendimento ao cliente. Esse erro de logística parece simples, mas acaba sendo cometido com bastante frequência, prejudicando os resultados da empresa como um todo.

Não planejar rotas otimizadas

Se a logística é a responsável por uma das maiores contas da empresa, deixar de planejar rotas ou planejá-las de forma ineficiente é um erro de logística que certamente ocasiona desperdícios e aumento dos custos totais.

Portanto, planejar adequadamente as rotas ajuda a otimizar os resultados das entregas para os clientes e a reduzir os custos, fazendo com que toda a operação obtenha soluções aprimoradas. Nesse aspecto, utilizar um software de roteirização é uma alternativa que pode ajudar a encontrar as melhores rotas utilizando vários endereços.

Existem diversos erros de logística que podem ser cometidos na sua empresa e o gestor deve estar atento para que eles sejam solucionados ou que suas consequências sejam minimizadas. Mapear os processos e avaliar os pontos onde os gargalos se encontram é o primeiro passo para conseguir implementar as melhorias e apresentar melhores resultados.

Quais são os erros de logística mais frequentes que ocorrem na sua empresa e como você lida com eles? Compartilhe sua opinião nos comentários e continue acompanhando o blog da Maplink para mais dicas!

maplink
About me

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.