Nova lei para roubo de cargas


Um estudo feito pela Associação Nacional do Transporte de Cargas & Logística (NTC&Logística), em abril de 2015, divulgou dados sobre um assunto muito discutido e preocupante, o roubo de cargas no Brasil. O levantamento apontou que em 2014 houve um aumento de 16% nos casos comparados a 2013.

A soma do prejuízo nos últimos dois anos foi de 2 bilhões de reais, e nos últimos quatro anos, o aumento dos casos foi de 42%. A região Sudeste foi a que mais sofreu com os roubos, principalmente no Estado do Rio de Janeiro, com 67% em 2014.

Um dos principais motivos destacados por essa insegurança nas estradas é devido a lei mostrar-se branda com os criminosos. Mas as frotas tiveram uma boa notícia este ano, pois em abril a Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei que aumenta a pena dos assaltos à mercadoria. A punição passará a ser de 2 a 8 anos de reclusão e de 3 a 10 anos mais multa no crime qualificado.

Infelizmente essa é uma realidade das estradas brasileiras. Segundo pesquisas, foram 17500 casos só em 2014 e quem mais sofre com essa situação são as transportadoras de eletroeletrônicos. O cuidado deve ser redobrado para não alimentar tais ações criminosas, com uso de tecnologias e inteligências para maior segurança em todo o mercado.

maplink
About me

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.