Dicas úteis para pedalar com segurança


Sabemos que a bicicleta é um meio de transporte que demanda um cuidado especial, principalmente com relação ao trânsito nas ruas e à forma que pedalamos por aí. Ter cuidado e escolher as vias mais apropriadas é necessário e, pensando nisso, reunimos algumas dicas importantes para a pedalada.

Alguns acessórios especiais para a bicicleta são de uso obrigatório, de acordo com o artigo 105 – VI do Código Brasileiro de Trânsito. Além desses, outros equipamentos não exigidos também são muito interessantes de se utilizar, pois previnem lesões corporais na hora da atividade:

- Sinalização noturna completa (refletores e lanternas);
– Campainha;
– Espelho retrovisor do lado esquerdo, no mínimo;
– Capacete;
– Luva;
– Sapato não-escorregadio;
– Roupas leves e flexíveis.

O trânsito é inimigo dos ciclistas e é o responsável por algumas fatalidades que, infelizmente, se tornaram comuns. É legal tomar alguns cuidados para evitar acidentes, por exemplo, e lembrar sempre que o respeito às leis de trânsito deve ser primordial.

- Trace rotas alternativas ou que priorizem os espaços onde trafegam só as bikes (No portal MapLink é possível fazer caminhos que priorizam o uso de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas em mais de 70 cidades);
– Esteja sempre atento à sinalização, aos carros, pedestres e outros ciclistas ao seu redor;
– Utilize o seu braço para indicar aos motoristas quando você pretende entrar em alguma rua;
– Esteja sempre visível;
– Evite fazer ziguezagues no meio dos carros, ônibus e caminhões, pedalando sempre em linha reta;
– Tente manter uma distância mínima de 1,5 m dos outros veículos e não trafegue entre ônibus e caminhões;
– Seja cuidadoso ao passar por cruzamentos;
– Jamais pedale na contramão, próximo ao meio-fio ou em calçadas.

Sabemos que outros fatores externos também implicam nessa atividade. O Vá de Bike! possui outras dicas muito importantes para pedalar em dias de chuva, durante a madrugada ou em subidas muito íngremes, por exemplo.

 

Ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas. Qual a diferença entre elas?

Há algum tempo, os caminhos direcionados para as bicicletas vêm sido desenvolvidos e implementados nas vias das cidades em geral. As ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas estão dispostas pelos municípios, entretanto existem diferenças entre cada uma delas.

As ciclovias são caminhos exclusivos para os ciclistas, inclusive com sinalização adequada, como semáforos e faixa de pedestre, por exemplo. Geralmente aos domingos e feriados, em horários pré determinados, funcionam as ciclofaixas. Durante esses períodos, parte das avenidas ou ruas são separadas exclusivamente para o uso dos ciclistas. E as ciclorrotas, que são similares às ciclofaixas, são vias onde tanto os carros, ônibus ou caminhões, quanto as bicicletas trafegam, cuja preferência é dada aos ciclistas.

Bruna Costa
About me

Deixe um comentário:

Seu email não será publicado.